18.4.08

Edição extra

Queridos,

Só realizo consultas semanais no novo cafofo, mas dado o desespero de nossa amiga, resolvi abrir exceção.



Dra. Valentina,

Encontro-me num processo depressivo de caráter nacionalista. Você certamente está sabendo do caso da “farra dos cartões institucionais”, não é mesmo?
Contudo, ontem, recebi uma notícia que D. Marisa começou a se redimir. Escolheu iniciar a mudança de comportamento pelo seu guarda-roupa.
Será que o mundo tem salvação?
Por favor, ilumine meu dia com suas palavras sábias.
Leitora atormentada.

Photobucket Photobucket

Titia Valentina vai ser dura com você, minha querida.
O mundo é cruel! As pessoas são maledicentes!
A primeira-dama está apenas dando mostras de como fazer economia doméstica. Se a pobre usa o pano de chão, digo, o mavioso tecido do sofá para fazer um vestidinho, reclamam; se compra um vestido na Maison Channel com cartão institucional, reclamam também!
Daqui a pouco, até a Scarlet O'Hara vai reclamar de plágio. Ou você esqueceu que ela fez um vestido lindo com as cortinas de veludo alemão verde-esmeralda?
Nisso tudo, eu vejo apenas um inconveniente. Estando no sofá de mesma estampa, ela corre o risco de sentarem nela, por engano. Isso sim seria uma gafe imperdoável.
No mais, pare de se atormentar com mexericos da Candinha. Get a life, garota!

2 comentários:

Ivany disse...

Dear Valentina
Certamente irão sentar na primeira dama. É por isso que eu digo e repito: ai, que saudades da D. Ruth.

Valentina disse...

:))
Iva, mana, preciso ver a fotinha desse encontro memorável!
Beijão.